Como criar um e-commerce de sucesso

Quem é que nunca sonhou em trabalhar por conta própria e não ter que responder a ninguém? Pois é. Para a nossa sorte, a internet tornou esse objetivo extremamente acessível – ainda mais depois da criação dos e-commerces. No entanto, a dificuldade de transformar esse sonho em realidade não está concentrada apenas em construir um e-commerce: mas sim em construir um e-commerce de sucesso, com uma estratégia de marketing de tirar o chapéu, capaz de gerar lucros e pagar as suas contas. Hoje em dia contamos com tantas informações provenientes de tantos lugares diferentes que a melhor coisa a se fazer é criar um plano de ação – e priorizar diferentes recursos em diferentes etapas do processo.

Foi com essas preocupações em mente que bolamos este guia – criado para empreendedores que precisam de dicas práticas para bolar uma boa estratégia de marketing, aprender a localizar bons fornecedores e muito mais. Se você é leitor do nosso blog, verá que muito do que está aqui já foi descrito ou explicado em outros posts – no entanto, este guia reúne todas essas informações em um só lugar. Vamos começar?

O segredo para criar um e-commerce de sucesso

Quando pensamos nos fatores determinantes para o sucesso de um e-commerce, quatro coisas nos vêm à mente:

Olhados assim, esses quatro itens de fato parecem ser essenciais: afinal, você realmente precisa de um excelente serviço de atendimento ao cliente se quiser ter um e-commerce de sucesso; da mesma forma, um site com um design atraente com certeza terá mais clientes do que aquele e-commerce feinho e de cara meio duvidosa. No entanto, é bom lembrar que é a combinação desses quatro fatores que determinará o sucesso de um e-commerce, e não um ou outro fator julgado de maneira isolada.

Mas como conseguir a combinação dos quatro? Bom, com um passo de cada vez.

Este é um ponto bastante complicado para os empreendedores de primeira viagem: muitos acabam se esquecendo da importância desses outros fatores e perdem dias criando um belíssimo site… Que precisará ser fechado em poucos meses. É importante ter em mente que, para funcionar, uma loja precisa vender – e esse objetivo deve ser o centro do seu plano de ação. Nesse sentido, um dos primeiros investimentos do seu e-commerce precisa ser a estratégia de marketing, pois é ela que gerará o tráfego – que resultará em vendas – da loja. Pense de maneira similar quando for criar o seu serviço de atendimento ao cliente: ele só poderá existir depois que as primeiras vendas forem realizadas.

Em outras palavras: venda os seus produtos. Sem essas vendas, a sua loja já era.

ecommerce tips - ecommerce marketing

Como criar um e-commerce

É claro que, ao começar essa jornada, você estará cheio de ideias para o seu novo e-commerce; no entanto, tente guardar essas grandes ambições para o futuro – e se concentre nas etapas mais práticas do seu plano de ação. Não se esqueça de que, no final do dia, você precisa de um canal online para vender. E um canal simples. Um template básico criado pela Shopify, por exemplo, já resolverá metade dos seus problemas.

A verdade é que, usando esses modelos prontos, é possível criar uma loja em menos de 30 minutos. Se você quiser demorar um pouquinho mais, tudo bem – mas não perca dias ou semanas criando um template perfeito. Como Reid Hoffman, o co-fundador do LinkedIn, já disse algumas vezes, “se você não morrer de vergonha da primeira versão do seu produto, é porque o lançou na hora errada.”

Isso também vale para os e-commerces. O segredo para o sucesso é lançar a loja assim que possível e começar a bolar estratégias de marketing; o resto vem depois.

Como encontrar o produto certo para vender

Se você acabou de entrar para o mundo do e-commerce, possivelmente deve estar pensando: “mas o que é que eu vou vender na minha loja virtual?”. Você não está sozinho; essa grande dúvida é um dos maiores motivos pelos quais muita gente acaba desistindo de criar um e-commerce. Afinal de contas, quando se trata de um e-commerce, a coisa não é tão simples quanto escolher um produto, comprar altas quantidades dele e esperar que tudo seja vendido.

A melhor coisa a fazer é pensar de maneira estratégica – e identificar um nicho de produtos que esteja em alta no mercado, mas que não seja facilmente encontrado em lojas como a Amazon ou as Lojas Americanas. Em outras palavras: desista da ideia de vender produtos comuns, como livros e joias. Concentre os seus esforços em itens e produtos específicos, que atraiam um público igualmente seleto.

Você pode, por exemplo, criar uma lista com todos os produtos que gostaria de vender na sua loja; ou pensar em itens que os seus amigos, colegas e familiares gostam de comprar. No entanto, não se limite a esse escopo restrito de pesquisa: consulte sites como o Pinterest, a Etsy e o Instagram para ver quais são os produtos em alta – e descobrir aqueles que podem ser riscados da lista inicial. A verdade é que a inspiração pode estar em qualquer lugar; e, se você estiver em dúvida, é só consultar o Google Trends.

Ainda achou pouco? Assista essa pequena e potente dupla de vídeos.

Ok, você já sabe o que quer vender na sua loja. Mas como comprar esse produto? Atualmente, uma das melhores alternativas é o modelo de dropshipping, o novo queridinho dos empreendedores. Além de ser uma alternativa viável aos modelos mais tradicionais de empreendedorismo, o dropshipping também demanda investimentos e custos reduzidos – o que o torna ideal para quem ainda está começando.

O dropshipping funciona da seguinte maneira: primeiro, você acessa um marketplace como o Oberlo Supply, escolhe os produtos que quer vender e os importa para a sua loja virtual ou e-commerce. Quando um cliente acessar a sua loja e comprar um produto, você imediatamente deve entrar em contato com o fornecedor e encomendar o produto que foi comprado. O fornecedor, por sua vez, enviará o produto diretamente para o cliente final.

O modelo de dropshipping, portanto, elimina a necessidade de um estoque físico – o que significa que você poderá acompanhar as tendências do seu setor ou mercado de nicho com grande facilidade, já que não precisará se preocupar com produtos antigos que não foram vendidos.

Além disso, apps como o Oberlo ajudam a automatizar grande parte do processo acima descrito – deixando a sua agenda mais folgada para poder se concentrar em aspectos mais importantes de um e-commerce, como a estratégia de marketing.

Marketing para e-commerce: os lucros superam os gastos

how to start ecommerce - ecommerce marketing

É raro encontrar um empreendedor de primeira viagem que possa investir grandes quantias de dinheiro na sua primeira loja virtual; muitos investem uma quantia baixa e tentam recuperar esse dinheiro no primeiro ano de funcionamento dessa nova empreitada. Por mais que uma abordagem cautelosa seja sempre necessária, é bom lembrar que a coisa mais importante para uma nova loja é o marketing: é nele que você deve concentrar todos os seus rendimentos e esforços. O resto pode esperar – até porque tudo vai depender do tráfego gerado e do número de clientes em potencial.

O grande segredo para fazer uma estratégia de marketing funcionar é encontrar o canal ideal para os seus produtos – e, em seguida, otimizar a sua estratégia de marketing até que o custo para fidelizar um novo cliente seja menor do que o rendimento médio da sua loja por venda. Ou seja: idealmente, você deve gastar menos do que ganha. Outra dica é reinvestir todos os seus lucros em anúncios e outros tipos de publicidade, já que este ainda não é o momento de embolsar todos os lucros.

Como o seu e-commerce ainda está dando os primeiros passos, uma das melhores coisas a se fazer é analisar atentamente a relação entre os lucros e os gastos gerados pela sua estratégia de marketing. Para fazer isso, basta olhar o seu ROI de publicidade toda semana – ou até mesmo todos os dias. Lembre-se de comercializar produtos com um markup alto o suficiente para cobrir as despesas de marketing da loja – e de colocar preços justos para esses produtos.

A verdade é que se você investir apenas 100 reais na estratégia de marketing, a sua loja provavelmente só conseguirá gerar 101 reais em vendas. Nada lucrativo, não é?

Quando a sua loja estiver lucrando – e a sua estratégia de marketing estiver um pouquinho melhor do que o exemplo acima – significa que é chegada a hora de otimizar novamente o design do site. Pense em uma imagem ou logotipo para a sua marca e procure outras maneiras de gerar dinheiro, mas lembre-se: você não pode otimizar uma loja se não possuir um número razoável de clientes nos quais testar essas mudanças.

Como você já deve ter percebido, todo e qualquer bom plano de ação para um e-commerce requer um certo investimento. Não tenha medo de investir na sua estratégia de marketing, pois são os anúncios e propagandas que impulsionarão as vendas – e a sua loja precisa vender para continuar funcionando. Estratégias a longo prazo, como o SEO ou o e-mail marketing, podem esperar até que o seu orçamento para isso seja maior.

Se você não souber por onde começar, é simples: explore todas as opções viáveis e priorize o seu tempo e o seu dinheiro. Se o objetivo é aumentar o número de vendas o mais rápido possível, use o Facebook ou o Google Adwords – e não se esqueça de que o Facebook é um dos seus aliados mais importantes; aprender a criar uma campanha de marketing nesse canal, portanto, é realmente essencial. Outra opção é ver como funcionam as estratégias de marketing quando aplicadas ao Instagram ou até mesmo ao Snapchat, e tentar replicá-las para a sua loja.

ecommerce marketing

Quando chegar a hora de avaliar o desempenho da sua estratégia de marketing, analise as campanhas de publicidade da loja – e não as páginas de produto. Assim, se os resultados não forem tão satisfatórios, você não cairá na tentação de mudar todos os mínimos detalhes da sua loja. Concentre-se nas estratégias de marketing e de publicidade e esqueça, momentaneamente, o botão “comprar” da página de produto.

É claro que muitos desses conselhos parecem ótimos na teoria. No entanto, é sempre bom entrar na experiência de e-commerce tendo em mente que os seus esforços imediatos devem estar concentrados no marketing da loja. Agora, você já está pronto para tratar dos detalhes.

E agora? Quais são os próximos passos?

how to succeed in ecommerce - ecommerce marketing

Pronto: você criou uma loja que vende produtos de ótima qualidade, adotou o modelo do dropshipping e já possui um volume constante de vendas. Qual é o próximo passo? Otimizar as suas estratégias de marketing e o seu plano de ação. Veja abaixo algumas dicas que poderão ajudá-lo nessa nova empreitada:

Atendimento ao cliente e conteúdos personalizados

Qualquer empreendedor sabe que um dos maiores desafios de um e-commerce é converter em compras a altíssima taxa de carrinhos abandonados; o que poucos sabem, no entanto, é que um bom serviço de atendimento ao cliente pode ser um dos grandes aliados para isso. Crie um conteúdo personalizado e um FAQ detalhado; ofereça um chat ao vivo com atendentes e incentive os clientes já fidelizados a enviarem avaliações sobre os produtos – e, talvez o mais importante de tudo: construa uma relação de confiança com os seus clientes. Quando utilizados corretamente, esses recursos podem aumentar não só a prova social da sua loja, como também o número de clientes fidelizados.

Otimização da taxa de conversão

O número é assustador, mas a verdade é que mais de 70% dos visitantes que incluem produtos num carrinho acabam saindo da loja sem realizar a compra. Já parou para pensar como os seus lucros estariam ainda mais recheados se essas compras não fossem abandonadas? Pois é. É por isso mesmo que você pode – e deve – otimizar a jornada de compra do cliente: crie ofertas de tempo limitado; inicie uma campanha por e-mail sobre o abandono de carrinhos; tente redirecionar alguns dos seus anúncios. Faça o que puder para reconquistá-lo!

Otimização da loja

Não é nenhum mistério o fato de que, se um cliente vivenciar uma experiência de compra negativa em uma loja, ele dificilmente recomendará os serviços desse local – mas ele certamente contará aos seus amigos sobre isso. Uma das melhores maneiras de evitar que isso aconteça é otimizar o site da sua loja: aumente a velocidade de conexão e de carregamento de páginas; crie um menu de navegação intuitivo e simples; crie boas páginas de produto; exiba itens relacionados; otimize o mecanismo de busca interna do site; e, por último, certifique-se de criar uma versão compatível com dispositivos móveis.

Inventário

Produtos que experimentam um grande sucesso de vendas tendem a sumir rápido das prateleiras e também da mente dos clientes; é por isso que é tão importante ter um bom controle de inventário. Uma dica para evitar esse risco é estar sempre atento a novas tendências e manter um tráfego constante na sua loja. Em outras palavras: não deixe todo o seu lucro na mão de alguns poucos produtos. Ofereça novidades exclusivas para os clientes já fidelizados – e não se esqueça de testar novas ideias de produtos no Google Trends.

Conclusão

Por mais que existam histórias de sucesso sobre aquele empreendedor desconhecido que fez fortuna vendendo apenas um produto de nicho, é importante lembrar que um terço dos e-commerces brasileiros fecha as portas antes de completar dois anos – uma taxa que é assustadoramente alta.

Nós não queremos que você seja mais um nessa estatística. Por isso, lembre-se: se você está abrindo a sua primeira loja virtual com o dropshipping, deixe os detalhes e os aprimoramentos de lado. Concentre-se no que realmente importa: realizar vendas. Você não precisa perder dias ou semanas procurando o produto perfeito – e muito menos ter um site excepcional. Este é o momento de aprender na prática e de se concentrar em construir uma loja de sucesso; e, quando os lucros começarem a engordar, você estará pronto para investir em uma estratégia de marketing ainda mais agressiva. É só então que você poderá se concentrar em melhorar os demais aspectos da sua loja.

Esperamos que este artigo tenha ajudado a esclarecer algumas das suas dúvidas mais urgentes. Lembre-se: você já tem tudo o que precisa para transformar o ano de 2018 no seu ano de sucesso, e nós do Oberlo estaremos aqui para te ajudar.

Você já tem um plano de ação para o seu e-commerce e para o seu modelo de dropshipping? Já bolou a sua estratégia de marketing? Nós queremos ouvir o que você tem a dizer! Compartilhe as suas experiências na seção de comentários.

Quer saber mais?

Vem para o Oberlo

Venha para o Oberlo e ganhe uma conta no plano Starter.

Assine agora mesmo

Nós usamos cookies para melhorar o desempenho do site e criar uma experiência de navegação totalmente exclusiva. Se você aceitar navegar pelo nosso site, estará aceitando também a nossa política de privacidade.