20 ideias de renda passiva para ganhar dinheiro

Você tem um trabalho legal e todo mês recebe aquele salário que paga as contas – mas, volta e meia, sente aquela coceirinha; aquela vontade de ganhar um pouquinho mais, ou de ter mais liberdade para trabalhar como quiser a da onde quiser.

Até que um belo dia você finalmente decide mudar essa realidade e colocar os seus sonhos em primeiro lugar.

Ótimo! Nesse caso, a melhor coisa a fazer é investir em uma atividade que possa gerar uma renda passiva.

E, por sorte, este texto lista 25 fontes de renda passiva.

O que é renda passiva?

A renda passiva nada mais é do que um rendimento, uma atividade ou uma ocupação que não demanda trabalho “ativo” contínuo e ainda assim é capaz de gerar rendimentos.

Mas, como gerar renda passiva?

Atividades de renda passiva costumam envolver uma grande quantidade de trabalho durante o processo de criação – mas, depois de finalizadas e lançadas no mercado, podem gerar lucros estáveis durante muito tempo.

Um exemplo clássico é um curso online: você passará algumas semanas ou mesmo meses criando o site e o material. Depois, não precisará mais trabalhar tanto assim e ainda continuará lucrando. O mesmo acontece com uma loja virtual, com vídeos e até mesmo com eBooks.

Com a renda passiva, é possível gerar dinheiro mesmo sem trabalhar todos os dias – e é por isso mesmo que tantos empreendedores querem saber mais sobre o tema.

20 ideias de renda extra para 2019

1. Loja de dropshipping

O dropshipping é uma das formas de renda passiva mais lucrativas da internet, e aqui no Oberlo nós somos especialistas sobre o tema.

Começar a vender com o dropshipping não é difícil: você só precisa montar uma loja e encontrar os produtos que quer vender. Vale lembrar que, no dropshipping, você não precisa se ater a um único produto. Por isso mesmo, aproveite a oportunidade para vender itens dos mais diversos nichos.

Como o dropshipping é um modelo de negócios no qual o empreendedor decide o valor final de venda do produto, é também uma das melhores ideias de renda passiva da nossa lista.

Gostou? Você pode começar a vender hoje mesmo: basta se cadastrar no site da Shopify e baixar o app do Oberlo.

2. Blog

Uma das ideias de renda extra mais populares no mundo do e-commerce é também uma das mais antigas: criar um blog.

Por mais que seja uma tarefa difícil estabelecer um blog de sucesso, o espaço ainda é uma das melhores formas de gerar renda passiva – especialmente se levarmos em conta o uso de links de afiliados, cursos, posts patrocinados e muito mais.

Se você optar por criar um blog, lembre-se de que um dos fatores mais importantes da equação são os seguidores e fãs, que se concretizam na forma de tráfego para o site; por isso mesmo, mergulhe de cabeça no marketing de conteúdo.

Quando o assunto é criar renda passiva, Desirae Odjick, fundadora do Half Banked, tem algumas dicas:

Desirae Odjick makes passive income

“Quando comecei o meu blog, a ideia era falar sobre economia e finanças pessoais de uma maneira acessível – de modo que, muitas vezes, eu acabava compartilhando as minhas próprias experiências.

Foi assim que acabei mencionando, mais de uma vez, as ferramentas e apps que eu estava usando; afinal, me parecia natural e eu queria muito compartilhar essas dicas com os meus leitores. Dali em diante, a transição para os links de afiliados das marcas aconteceu de uma maneira quase que espontânea.

Quatro anos depois, aqui estamos nós: o blog cresceu e eu continuo compartilhando os links de afiliados, que ainda são a minha grande fonte de renda passiva na internet. E o melhor de tudo é que eu fico genuinamente feliz de compartilhar esses links, já que eu mesma uso (e muito) as ferramentas.”

3. Curso virtual

A criação de cursos virtuais é, sem dúvidas, um dos melhores exemplos de renda passiva de 2019 – e a melhor parte é que eles podem ser anunciados tanto no seu site pessoal quando em plataformas de alta visibilidade, como a Udemy.

Se você está disposto a investir na criação de um blog ou mesmo em estratégias de marketing de conteúdo, melhor ainda: com um curso próprio anunciado no seu site pessoal, você poderá controlar com maior precisão a sua renda passiva online.

Sumit Bansal, fundador do Trump Excel, comenta a sua experiência com os cursos virtuais:

Sumit Bansal earns passive incomeDecidi criar um blog sobre a criação de planilhas no Excel em 2013, pois estava estudando sobre o tema e achei que seria uma boa ideia compartilhar aquele conteúdo com o resto do mundo.

Dois anos mais tarde, o blog já tinha mais de 100 mil acessos todo mês. Foi aí que decidi criar um curso virtual, apenas para testar o formato. Para a minha surpresa, foi um sucesso completo.

Trabalhei no curso como uma atividade extra, até que finalmente decidi me dedicar exclusivamente à minha própria marca. Atualmente, o blog conta com diversos cursos e conteúdos exclusivos.”

4. Posts patrocinados no Instagram

Se você adora o Instagram e se pergunta como obter renda passiva, por que não começa a publicar conteúdos na plataforma?

O Instagram é tão amplo que há espaço para praticamente tudo: você pode criar um perfil sobre viagens, moda, beleza, decoração… Ou até mesmo sobre o seu bichinho de estimação.

E certamente encontrará um público disposto a consumir esses conteúdos.

O segredo para conquistar um número relevante de seguidores no Instagram é simples: ser consistente. Publique regularmente, e publique conteúdos similares ou que discutam um mesmo tema.

Não se esqueça de incluir um e-mail para contato na sua bio, para que as marcas interessadas em parcerias saibam como entrar em contato. Também pode ser uma boa ideia investir pesado na manutenção e na fidelização do público-alvo.

O Instagram é uma excelente plataforma para quem quer ganhar dinheiro – e uma das melhores fontes de renda passiva da internet. Se você já tem certa afinidade com a plataforma, não precisa nem perder tempo!

5. Loja de impressão sob demanda

Como o e-commerce é um dos melhores canais para quem está buscando ideias de renda extra com pouco investimento, é natural que os serviços de impressão sob demanda entrem na lista.

Para quem não sabe, os serviços de impressão sob demanda permitem a comercialização de estampas e designs exclusivos em itens como roupas, canecas, telas, capinhas de celulares e muito mais.

Por mais que seja uma excelente oportunidade para quem deseja comercializar produtos próprios, vale lembrar que, para se transformar em uma fonte confiável de renda passiva mensal, a impressão sob demanda não pode ser terceirizada.

Em outras palavras: você precisa saber pelo menos o básico sobre design gráfico, pois dessa forma poderá administrar o processo criativo.

Veronica Wong, fundadora da Boba Love, conta como a sua paixão pessoal por chás acabou virando uma fonte de renda passiva:

Veronica Wong passive income ideasEu sou apaixonada por chás desde que me entendo por gente e sou louca por design, então me pareceu óbvio unir esses dois interesses.

Comecei a vender meus produtos apenas no ano passado, mas a resposta tem sido absolutamente incrível: acabei de atingir a marca dos 10 mil seguidores no Instagram e já vendi produtos para gente de todo o mundo.

Como optei por trabalhar com o modelo de impressão sob demanda, deixei todo o processo de produção e envio com a Printiful. Dessa forma, posso me concentrar nas áreas que realmente me interessam, como o marketing e a criação de designs.”

passive income

6. Apps

Estamos apenas no início da nossa lista de sugestões sobre como ter renda passiva, mas você provavelmente já notou um certo padrão: a criação de produtos e serviços como uma lucrativa fonte de renda passiva.

Bom, se você já trabalha como desenvolvedor ou programador, pode ser uma boa ideia explorar a criação de apps como forma de gerar renda passiva.

Você pode cobrar um valor mensal pela utilização do app ou, se preferir, pode comercializá-lo de maneira gratuita e monetizar os anúncios.

7. Mercado de ações

Não há como negar: quem procura ideias de renda extra ou fontes de renda passiva está procurando formas de ganhar dinheiro para, quem sabe um dia, desfrutar de uma vida mais confortável.

No entanto, nem todo o mundo tem tempo ou mesmo aptidão para criar um app ou desenvolver um blog pessoal. Por isso mesmo, pode ser uma boa ideia investir em uma outra forma de renda passiva; uma que existe há décadas e que já faz parte do nosso cotidiano: o mercado de ações.

Parece mentira, mas a verdade é que é possível começar a comprar ações mesmo com pouco dinheiro. Basta ser cauteloso, acompanhar as tendências do mercado e, claro, conversar com um corretor.

8. Compra de imóveis

Uma das formas mais estáveis de renda passiva mensal, a compra de imóveis é um investimento seguro e confiável – embora não esteja ao alcance de maioria de nós.

Se você tem um dinheiro guardado (ou já aderiu à nossa dica anterior de investir no mercado de ações) e se pergunta como viver de renda passiva, pode ser uma boa ideia considerar a compra de imóveis. Você pode, por exemplo, comprar um apartamento ainda na planta para mais tarde vendê-lo ou alugá-lo.

É claro que, por se tratar de uma decisão importante, você deve primeiro conversar com um agente imobiliário e com o seu banco.

Shawn Breyer, proprietário da Breyer Home Buyers, conta como descobriu na venda de imóveis uma forma de renda passiva:

Shawn Breyer passive income ideas“O ensino superior dos Estados Unidos é extremamente caro, o que significa que é praticamente impossível encontrar um recém-formado que não carregue uma dívida altíssima com a universidade. Foi o que aconteceu com a minha esposa: quando ela se formou em Direito, precisava pagar cerca de 173 mil dólares para a faculdade.

Nós definimos um plano de pagamentos que duraria 15 anos, e o nosso objetivo era encontrar uma renda passiva que nos ajudasse a pagar os custos da universidade. Nós alugamos parte da nossa primeira casa e fomos juntando o dinheiro do aluguel do nosso inquilino para, dois anos mais tarde, comprar outro apartamento.

Ainda estamos longe de conseguir quitar a dívida – mas estamos chegando lá. A compra de imóveis é um dos melhores tipos de renda passiva do mercado, apesar de demandar um alto investimento inicial.”

9. Airbnb

Se você gostou a ideia acima mas não está pronto para comprar um novo apartamento, por que não aproveita para investir no Airbnb? Você pode alugar aquele quarto extra da sua casa ou apartamento, conhecer gente de todo o mundo e, de quebra, descobrir como gerar renda passiva de uma maneira divertida e descomplicada.

Por outro lado, se você está atrás de ideias de renda extra, também pode criar uma atividade exclusiva na sua cidade para as Experiências do Airbnb.

Martin Dasko, fundador da Studenomics, descobriu que podia gerar uma boa renda passiva colocando seu apartamento para alugar no Airbnb:

Martin Dasko shares how to make passive income“Experimentei o Airbnb pela primeira vez quando viajei para Nova York, e gostei tanto da ideia que acabei colocando meu próprio apartamento para alugar. Pouco tempo depois, uma empresa entrou em contato porque estava querendo alugar o espaço por um mês inteiro.

A melhor parte do Airbnb é o total controle que você, enquanto proprietário, exerce. Você pode ativar ou desativar os anúncios para o seu imóvel sempre que quiser.”

10. Site pessoal ou comercial

Muita gente pensa que, para ter renda passiva online, é necessário criar um produto concreto e anunciá-lo de maneira comercial – mas não é bem assim.

Um dos melhores exemplos de como ter renda passiva, por exemplo, é a construção de sites pessoais ou comerciais: agências de marketing, plataformas de freelancers e muito mais.

Em outras palavras: você pode criar sites que conectam profissionais e empresas – e ganhar dinheiro com isso.

Milecia McGregor, engenheira de software e proprietária da Flipped Coding, ganha uma boa renda passiva ajudando os outros a se tornarem web developers:

Milecia McGregor passive income 2019Eu criei, no meu site, um conjunto de aulas no qual ensino como se tornar um web developer. Os inscritos pagam uma mensalidade fixa e eu atualizo o curso com novos conteúdos pelo menos uma vez por mês. É uma excelente forma de renda passiva.

Recentemente, um dos meus alunos conseguiu seu primeiro emprego na área e veio me agradecer por toda a ajuda. Fiquei tão feliz! Minha meta para este ano é atingir a marca de 200 alunos e, se possível, fazer com que todos se transformem em profissionais competentes.”

11. Marketing de afiliados

O marketing de afiliados é uma das melhores soluções para quem quer saber como criar renda passiva – e a melhor parte é que quase todas as grandes marcas possuem programas de afiliados.

O ponto negativo da coisa é que a renda passiva mensal de um afiliado é determinada com base nas comissões sobre cada venda realizada.

Por mais que alguns programas de afiliados paguem comissões bem altas, a média do mercado ainda é de 10% sobre o valor total do produto; se você já tem um orçamento apertado, então, pode ser uma boa ideia investir nos conteúdos de blog e não nos anúncios pagos.

Sireesha Narumanchi, fundadora da Crowdworknews.com, nos contou um pouco sobre a sua experiência com o marketing de afiliados:

Sireesha Narumanchi Há exatos dois anos, decidi tentar a sorte e comecei um blog. Eu atualmente crio conteúdos exclusivos, e a resposta tem sido excepcionalmente positiva.

Quase toda a renda que consigo com o blog é renda passiva, pois vem dos programas de afiliados dos quais participo.

Não foi fácil equilibrar meu trabalho oficial e o blog, mas foi uma experiência muito importante. Criar conteúdos exclusivos é um processo longo e demorado, mas incrivelmente lucrativo.

No final do dia, meu orgulho maior é saber que sou a prova viva de que é possível trabalhar de casa e ganhar um bom dinheiro no final do mês.”

12. Venda de vídeos

A nossa sociedade é obcecada por conteúdos: estamos com nossos celulares prontos para fotografar ou gravar vídeos em qualquer situação, seja ela boa ou ruim. Só que nem todo mundo sabe que é possível gerar renda passiva na internet com esse pequeno gesto quase rotineiro.

A verdade é que a venda de vídeos na internet é uma das melhores fontes de renda passiva da atualidade. Dependendo da plataforma escolhida e do tema gravado, é possível ganhar dinheiro por semanas, meses e até mesmo anos.

Peter Kock, proprietário da Seller at Heart, conta como conseguiu gerar uma excelente renda passiva com a venda de vídeos:

Peter Koch

 

Eu fazia o upload dos meus vídeos para plataformas como o Newsflare e o Rumble e esperava até que alguém decidisse adquirir aqueles conteúdos. Depois disso, eu ganhava 50% da receita gerada em cada visualização – e cheguei a ver vídeos que havia feito com o meu celular serem transmitidos em canais como o MSN, AOL e Yahoo.

Ainda hoje, ganho algumas centenas de dólares em royalties por conta de conteúdos que gravei anos atrás.”

13. Venda de sites

Você gosta de projetar sites e lojas virtuais e quer saber como gerar renda passiva?

Bom, a melhor coisa a fazer é unir esses dois elementos e criar sites e lojas virtuais para depois vendê-los – mas não se esqueça de que você provavelmente precisará realizar algumas vendas e consolidar a boa reputação da marca antes de passá-la para outro empreendedor.

É sempre bom lembrar que, para investir em modelos e tipos de renda passiva como este, você precisa saber como criar e projetar um site completo.

14. Ações de uma empresa

Até mesmo o seu emprego fixo pode acabar se transformando em uma fonte de renda passiva mensal. Bom, não exatamente o seu emprego fixo, mas sim a empresa para a qual você trabalha.

Pouca gente sabe, mas uma das melhores fontes de renda passiva é a compra de ações das empresas de capital público. É claro que você precisará investir ou já contar com uma soma de dinheiro do seu próprio bolso, mas a longo prazo é uma estratégia com um alto potencial de sucesso.

15. Vídeos do YouTube

Se existe uma plataforma para renda passiva online que se mostra cada dia mais lucrativa, essa plataforma é o YouTube.

Com diversas modalidades de anúncios pagos e um alcance mundial, o YouTube é uma mina de ouro para quem sabe criar conteúdos exclusivos e está disposto a investir em novos públicos.

Um dos melhores tipos de renda passiva, é claro, são os anúncios, que precisam ser configurados apenas uma vez.

Matthew Ross, coproprietário e COO da RIZKNOWS do The Slumber Yard, começou a gerar renda passiva online com o YouTube:

Matthew RossEm 2013, eu e meu parceiro de negócios estávamos muito interessados no conceito de ‘tecnologia para vestir’ e decidimos começar um canal no YouTube. A ideia era simples: usaríamos os vídeos para avaliar os produtos e recomendá-los (ou não) ao público.

Nós sequer sabíamos como ter uma renda passiva: apenas gostávamos da ideia de testar aqueles relógios e outros itens. Até que percebemos que era possível ganhar dinheiro com aquilo, especialmente se investíssemos em anúncios pagos.

Para a nossa sorte, foi nessa mesma época que a tecnologia para vestir realmente explodiu e se transformou em uma grande tendência; e o que começou como uma das melhores formas de renda passiva que eu já vi se transformou na minha profissão.

A nossa empresa hoje conta com um faturamento de 2,5 milhões de dólares e acabamos de ampliar nossa equipe. E tudo isso começou com o YouTube.”

16. Venda de fotografias autorais

A sugestão pode parecer estranha para a pergunta “o que é renda passiva”, mas a verdade é que o trabalho de um fotógrafo tem uma natureza bem mais passiva do que ativa.

O motivo é simples: fotógrafos ganham dinheiro com a venda de fotos, seja para sites, revistas ou para clientes particulares.

Se você quer saber como ter renda passiva, investir naquele talento para fotografar e experimentar todos os recursos do seu smartphone, já sabe por onde começar.

Jacob Hakobyan foi um dos que encontrou na fotografia uma das melhores formas de renda passiva. Atualmente, ele é proprietário do Shotlife Studio:

Jacob Hakobyan

“Eu, minha irmã e o marido dela trabalhávamos em empregos estáveis e tínhamos uma excelente formação empresarial, mas queríamos uma mudança de ares. Nosso objetivo não era ganhar mais; nós simplesmente queríamos explorar a nossa paixão em comum pela fotografia. Hoje em dia, a empresa vai de vento em popa.”

 

17. Indicação e fidelização de clientes para marcas

Você sabe como vender um produto? Então por que não usa esse talento comercial em uma das mais lucrativas formas de renda passiva?

A ideia de indicar e fidelizar clientes para marcas é bastante aceita por inúmeras lojas do e-commerce e também por profissionais dos mais diversos nichos. Dentro desse modelo de negócios, você faz uso das suas conexões pessoais e profissionais para ajudar o mundo empresarial – e ainda ganha um percentual com isso.

Viu como gerar renda passiva pode ser bem mais fácil do que parece?

18. eBook

Os eBooks explodiram no mercado editorial brasileiro por volta de 2014 e ainda hoje são extremamente populares entre os leitores – o que faz deles um excelente recurso para quem quer gerar renda passiva.

Vale ressaltar que o mercado de eBooks é competitivo; você precisa trabalhar duro para criar um livro que seja bem-aceito pelo seu nicho e, claro, aperfeiçoar as suas habilidades de escrita.

No entanto, é um dos melhores tipos de renda passiva do mercado, especialmente para profissionais criativos e didáticos.

Se você ainda se pergunta o que é renda passiva e se dá para viver com esse tipo de rendimento, conheça Allie McCormick: um exemplo real de que é possível ganhar renda passiva com eBooks.

Allie McCormick

 

Em 2016, eu estava grávida do meu filho e decidi investir no programa de autopublicação do Kindle, pois queria ter uma quantia guardada para que não precisasse voltar correndo ao trabalho.

18 meses depois, minha renda passiva ultrapassava os seis dígitos e decidi me dedicar à profissão de autora integralmente. Hoje em dia, trabalho apenas 1 ou 2 horas por dia e consigo tirar semanas inteiras de folga.”

19. Venda de itens próprios

Está inspirado pela Marie Kondo e quer começar a se desfazer daquilo que é desnecessário? Que bom!

Mas, antes de embalar tudo em sacos de lixo, que tal transformar essas coisas velhas em renda passiva?

Dê uma vasculhada nas suas pilhas e armários e tente localizar coisas valiosas; se encontrar algum item, tente vendê-lo em plataformas como o Enjoei: uma excelente (e ecologicamente correta) forma de renda passiva na internet!

Nicholas Christensen, fundador do Lottery Critic, conta como transformou a venda de itens da sua família em uma fonte de renda passiva:

Nicholas ChristensenA coisa começou quando me voluntariei para limpar e organizar a casa de uma tia que havia falecido. Ela tinha itens e roupas guardados há mais de 60 anos, e aquilo precisava ser avaliado, arrumado, doado ou vendido.

Durante aquele processo, encontrei uma boneca que na verdade era uma boneca da Shirley Temple considerada um item de colecionador.

Depois de avaliar que a boneca estava em ótimas condições, vendi o produto no Ebay e deixei os lucros com a minha prima, que me deu uma comissão.

Minha atividade se espalhou pela família e ainda hoje coleciono histórias (e ganho dinheiro) fazendo esse tipo de trabalho.”

20. Venda de produtos digitais

Outra opção é criar e vender os seus próprios produtos digitais para gerar renda passiva na internet.

Produtos digitais são itens consumidos e utilizados apenas por meio de um computador, como eBooks, cursos virtuais, PDFs, imagens, designs e muito mais.

O processo de criação, comercialização e venda pode ser totalmente automatizado pela Shopify, o que faz desta última opção um verdadeiro exemplo de renda passiva.

Kelan e Brittany Kline, o casal que criou e atualmente comanda o The Saavy Couple, explica como ter renda passiva com a venda de produtos digitais:

The Saavy Couple

Nos mês passado, lançamos uma loja virtual na Shopify com apenas alguns poucos produtos à venda. Desde então, já lucramos mais de 1.500 dólares só em vendas – e a estimativa é de que o número continue a crescer.

A melhor parte é que, como todos os nossos produtos são produtos digitais, a renda da loja é totalmente passiva.”

 

Conclusão: o que é renda passiva?

A renda passiva é um excelente aliado para quem quer ganhar mais dinheiro e realizar aqueles sonhos que o salário do emprego oficial simplesmente não paga.

Por outro lado, se você está pensando em sair do seu emprego fixo para começar uma nova carreira, a renda passiva pode ser o primeiro passo para que você não passe os primeiros meses no vermelho.

Pois é, dá para fazer praticamente tudo o que você quiser com esse dinheirinho a mais no bolso.

Agora que você já sabe o que significa renda passiva, está pronto para desbravar esse novo universo – seja com uma loja de dropshipping, com a criação de conteúdos exclusivos ou com a venda de produtos digitais.

Gostou das nossas dicas para ganhar renda passiva? Qual delas você vai experimentar? Conte para a gente aqui nos comentários!

Quer saber mais?

Vem para o Oberlo

Venha para o Oberlo e ganhe uma conta no plano Starter.

Assine agora mesmo

Nós usamos cookies para melhorar o desempenho do site e criar uma experiência de navegação totalmente exclusiva. Se você aceitar navegar pelo nosso site, estará aceitando também a nossa política de privacidade.